Educadigital e Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS-Rio) vão somar esforços para disseminar o conceito e a importância da educação aberta e dos recursos educacionais abertos no Brasil

 See the post in English

ITSIED

Sérgio Branco, Priscila Gonsales e Ronaldo Lemos

A partir de junho de 2016, o Instituto Educadigital (IED) e o Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS-Rio) são formalmente parceiros pela causa dos Recursos Educacionais Abertos (REA). O acordo de cooperação entre as duas instituições foi firmado com o objetivo de desenvolver atividades conjuntas em prol da educação aberta, da inovação aberta e dos REA.

Educação aberta na cultura digital está na missão do IED desde sua fundação, em dezembro de 2010, por meio de ações de advocacy na esfera pública e governamental, organização de eventos, mobilização de comunidade, além de formação de educadores e gestores das equipes técnicas de educação para que compreendam e criem políticas que favoreçam a ampla adoção de REA. O IED faz parte de uma comunidade global de educação aberta, e vem marcando presença nos principais fóruns sobre o tema. Em 2014, o projeto REA.br, criado pela advogada Carolina Rossini, atualmente conselheira consultiva do IED, foi vencedor do prêmio ARede.

Um dos aspectos relacionados à causa REA envolve o uso de licenças flexíveis, especialmente as do Creative Commons (CC), por oferecer um novo modelo de gestão de direito autoral ao mesmo tempo que dialoga com a Lei de Direito Autoral vigente. E o ITS-Rio é uma das duas instituições brasileiras representantes do CC no Brasil (a outra é a FGV-Rio).  “Os fundadores do ITS, Sergio (Branco) e Ronaldo (Lemos), sempre fizeram parte da nossa rede de ativistas, colaborando em nossas atividades. A ideia agora é nos unir formalmente para fortalecer e disseminar ainda mais esse tema no país”, explica Priscila Gonsales, fundadora do IED.

Os direitos autorais e a defesa de recursos educacionais abertos sempre estiveram na essência do ITS. Anos antes de o ITS-Rio ser criado, seus diretores fundadores se conheceram em razão dos debates que envolviam os direitos autorais no digital e o uso das licenças Creative Commons. Atualmente, o ITS trabalha com temas como democracia e tecnologia, inovação e direito, mas sempre com estreita conexão com educação e cultura. “Por isso, essa parceria com o Educadigital é tão oportuna”, enfatiza o advogado Sergio Branco, um dos fundadores do ITS. “O Educadigital é um dos nomes mais relevantes no debate de educação aberta e formação pedagógica no Brasil, realizando um trabalho fundamental de adequar a educação às demandas do tempo presente. Acreditamos que o trabalho conjunto entre Educadigital e ITS renderá inúmeros frutos, com a organização de encontros e desenvolvimento de atividades que têm por objetivo promover o debate acerca a importância dos recursos educacionais abertos, sua adoção e disseminação”, pontua.

premioRede

Para Claudio Ruiz, diretor regional do Creative Commons para a América Latina, essa aliança é fundamental, pois todas as instituições afiliadas CC no mundo têm como principal tema os REA. “CC e REA precisam estar intimamente ligados”, reforçou.

Uma das primeiras ações a serem cocriadas será a realização de um congresso sobre inovação aberta, voltado para o mercado editorial e as startups de educação, previsto para o segundo semestre de 2016. Também, favorecer que governos e instituições educativas possam implementar os aspectos apontados pela Declaração REA da Unesco. Celebrada em 2012, em Paris (França), contou com a participação de um comitê de representantes brasileiros, no qual o Educadigital foi o representante da sociedade civil.

 


Para saber mais:

Site da comunidade REA-Brasil e do projeto REA.br
Seminário Internacional sobre Recursos Educacionais Abertos
Declaração REA de Paris 2012

Priscila Gonsales
Co-founder and director na Instituto Educadigital
Priscila Gonsales
%d blogueiros gostam disto: