Priscila Gonsales, diretora-executiva do Educadigital, foi indicada pelo fellow Andrew Rens, por seu trabalho voltado para a causa da educação aberta no Brasil

 


dt-03bPor seu trabalho nos últimos 6 anos voltado para a causa da Educação Aberta, a fundadora e diretora-executiva do Instituto Educadigital foi indicada pelo pesquisador em Propriedade Intelectual, Andrew Rens, atualmente Legal Lead do Creative Commons na África do Sul, para receber um pequeno subsídio da Shuttleworth Foundation, no valor de US$ 5.000.

Os subsídios, chamados “flash grant” são concedidos somente por nomeação de fellows da Fundação Shuttleworth a indivíduos cujo trabalho na área social foi avaliado como exemplar para ser apoiado/recompensado/encorajado. Fundada pelo empreendedor sul-africano Mark Shuttleworth, criador do sistema operacional livre Unbutu, a Shuttleworth identifica indivíduos em diversos países do mundo que atuam a partir de filosofias abertas, voltada para o compartilhar.

45“Fiquei imensamente grata pela confiança e respaldo de um ativista que admiro tanto como Andrew. Tivemos a oportunidade de nos conhecer durante o 1º Congresso Mundial de REA da UNESCO, em 2012, fico muito feliz por ele ter acompanhado meu trabalho e da minha equipe nesses últimos anos”, ressalta Priscila, que também é fellow Ashoka Empreendedores Sociais. 

O subsídio será aplicado no projeto RE-li-A, uma plataforma-referatório de recursos educacionais digitais com licenças abertas disponíveis na web. Primeira no Brasil a reunir recursos por área do conhecimento, disciplinas curriculares, tipos de mídia, dentre outros metadados. Atualmente, o RE-li-A está em campanha de financiamento coletivo para receber colaborações da comunidade educacional brasileira e internacional.imagem_video

 

 

Shuttleworth Foundation from Blink Tower on Vimeo.

%d blogueiros gostam disto: